AEROPORTO DO RECIFE REGISTRA CRESCIMENTO DE 47% NO FLUXO DE PASSAGEIROS

Foto: Paulo Paiva/DP

A movimentação de passageiros do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre registrou aumento no mês de outubro. O terminal da capital pernambucana teve crescimento de 47% no número de viajantes, em comparação com o mês de setembro. Em setembro, o aeroporto havia registrado crescimento de 37,5%, na comparação com agosto.

Dados da Aena Brasil – administradora do Aeroporto do Recife, apontam que a quantidade de passageiros que chegaram e partiram passou de 330.975 para 485.859 pessoas. A pesquisa foi realizada pelo Setor de Estudos e Pesquisas da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur).

“O mês de outubro, assim como setembro, apresentou novos resultados positivos para o turismo do estado. O feriado de 12 de outubro, impulsionado pela maior oferta de voos por parte das companhias aéreas, bem como as medidas de segurança tomadas pelo governo de Pernambuco, ajudam a explicar esse incremento paulatino nos resultados, sempre respeitando o Plano de Convivência”, disse o secretário de Turismo e Lazer do Estado, Rodrigo Novaes.


Em comparação com outras capitais de destaque no Nordeste, como Salvador, o Aeroporto do Recife se mantém em uma posição de liderança. Enquanto mais de 485 mil passageiros transitaram no terminal pernambucano, cerca de 330 mil embarcaram ou desembarcaram na capital baiana.

SELO TURISMO SEGURO

O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes recebeu o selo Turismo Seguro, iniciativa do governo do estado, por meio da Secretaria de Turismo e da Empetur, com a aprovação da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), para certificar os estabelecimentos do trade turístico que seguem os protocolos de segurança para a convivência com a Covid-19. 

No último dia 19, o governo de Pernambuco anunciou ainda ter recebido o selo internacional Safe Travels, que identifica destinos e empresas em todo o mundo que adotaram protocolos padronizados globais de saúde e higiene. A honraria é concedida pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo WTTC.

A iniciativa tem apoio da Organização Mundial do Turismo -OMT e mais de 200 grandes empresas do turismo em todo o mundo. Ele segue as recomendações da Organização Mundial da Saúde – OMS e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças – CDC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *