ALUNOS E PROFESSORES RETORNAM AS ESCOLAS APESAR DA AMEAÇA DE GREVE.

A Rede Estadual de Ensino retomou as aulas do 3° ano do ensino médio nesta quarta-feira (21). Mesmo com a decretação de greve pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação – Sintepe, as escolas foram abertas para a retomada das aulas.  Apesar do impasse, os alunos  retornaram as escolas. 

  Logo no início da manhã, professores e estudantes  compareceram as unidades de ensino, segundo  a Secretaria de Estadual  Educação .  Para o secretário Fred Amâncio, existe uma tendência que a maioria dos alunos retornem às atividades presenciais ao longo desta semana.”O nosso foco é no processo de retomada. A gente está abrindo as escolas, recebendo os estudantes. A gente acredita que ao longo dos dias irá chegar mais estudantes na sequência”.

“Hoje não é efetivamente nosso primeiro dia. Já tivemos uma retomada no dia 06, com cerca de 50% dos estudantes, o que era a capacidade das escolas, então tivemos uma presença muito grande. Percebemos que há uma parte dos estudantes tem uma tendência de retomada”,  disse  o Secretário.

  Pernambuco tem 81 mil estudantes matriculados no 3° ano do Ensino Médio na Rede Estadual. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, já no dia 06 de outubro a rede estadual contava com 72% dos professores nas salas de aulas. “Os professores estavam presentes nas escolas. Quase 18% estavam dentro do grupo de risco e pouco mais de 10% aderiram à greve naquele momento. É claro que, ao longo do dia, faremos uma apuração em todas as 750 escolas. O que sabemos é que estão todas funcionando, algumas em quantidade menor, mas estamos acompanhando”,, ressaltou  Fred  Amâncio.

“O foco é no estudante. Nós precisamos dar esse apoio, principalmente nessa reta final do ensino médio. E os números do Estado já permitem essa retomada. A educação, com muita cautela, junto ao Governo do  Estado, é a última atividade a ser retomada. Estamos adotando o princípio de que o retorno não é obrigatório, é uma decisão dos pais, mas as escolas, tanto públicas, como privadas, devem estar preparadas para receber os estudantes”,  pontuou  o Secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *