FERNANDO BEZERRA COELHO É O PREFERIDO DE BOLSONARO PARA PRESIDIR O SENADO

Após o Supremo Tribunal Federal STF ter barrado a candidatura à reeleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP), o presidente Jair Bolsonaro passou nesta segunda-feira (07) a discutir o apoio a novo nome para a sucessão ao Senado Federal.

Segundo assessores do Planalto, antes mesmo de o julgamento definir que a recondução do senador é inconstitucional, o Presidente já avaliava uma espécie de Plano B, para a disputa legislativa, no caso de uma derrota no Judiciário. Segundo a Folha Press, nas conversas reservadas, Bolsonaro indicou simpatia por eventuais candidaturas de dois senadores do MDB: Fernando Bezerra (PE) e Eduardo Gomes (TO).

O primeiro, é líder do governo no Senado e o segundo, na Câmara Ambos relataram a interlocutores terem interesse em ocupar o comando da Casa. A avaliação no Palácio do Planalto é de que, sem a candidatura à reeleição de Alcolumbre, é natural que o MDB pleiteie o posto, uma vez que o partido detém a maior bancada do Senado, com 13 parlamentares.

A expectativa é de que Bolsonaro trate do assunto com Gomes nesta segunda-feira (07). Antes de tomar uma decisão, o presidente também já disse que pretende discutir o assunto com Alcolumbre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *