INTERNADO HÁ MAIS DE 30 DIAS CADOCA PERDE A BATALHA PARA A COVID-19

  A morte na madrugada deste domingo (13) do ex-deputado federal Carlos Eduardo Cadoca, 80 anos,  repercutiu intensamente, em todos os setores  de Pernambuco.  Cadoca como era carinhosamente tratado por todos, estava internado há mais de 30 dias lutando contra a Covid-19.. A confirmação da sua partida  a   eternidade foi feita pela esposa Berenice Andrade Lima.

   O corpo  de um dos homens mais apaixonados pelo Estado, especialmente Recife, foi cremado no final da manhã, no Cemitério Morada da Paz, na presença apenas de familiares. Ele deixa quatro filhos.  Berenice se pronunciou por meio de nota nas redes sociais:

“Amigos, trago, aqui, a notícia que eu mais temia e que, em nenhuma hipótese, queria dar para vocês. Depois de mais de um mês internado, Cadoca perdeu, hoje, a luta contra a Covid-19. Ele resistiu bravamente. Foi um forte guerreiro, típico de alguém que ama a vida, mas essa doença é terrível, misteriosa e, infelizmente, foi mais forte. 

Obrigada a todos pelas orações, pela corrente positiva. Foi criada uma verdadeira rede de carinho e apoio que nos deixou mais fortes ao longo desses dias tão tensos, difíceis e massacrantes. Obrigada a equipe médica, aos enfermeiros, auxiliares, a todos, enfim, que cuidaram de Cadoca com tanta dedicação no Hospital Português do Recife. 

A Covid-19 segue latente, como um imenso desafio para as autoridades e para a sociedade. Enquanto a vacina não chegar, garantindo uma cobertura universal, é urgente que todos redobrem os cuidados. É fundamental que cada um assuma uma parcela de responsabilidade para se proteger, proteger o próximo e evitar ao máximo que outras famílias não passem pela imensa dor e sofrimento que, lamentavelmente, estamos vivendo. Usar a máscara é um gesto de cidadania.

“Cadoca deixa uma legião de amigos, serviços prestados, uma trajetória política sem máculas e um legado de amor, alegria e solidariedade. Você, Cadoca, estará intensamente presente nas nossas vidas, nas lembranças mais felizes e para sempre em nossos  corações”.

DESPEDIDA

Nos últimos dias, políticos e amigos vinham externando preocupação com o estado de saúde de Cadoca, que havia se agravado. Vice-presidente nacional do Solidariedade, o deputado federal Augusto Coutinho, em nota, lamentou: “Nossa política perdeu um grande nome e eu, um grande amigo. Recebi com tristeza e pesar a notícia do falecimento de Cadoca com quem tive a felicidade de conviver durante vários anos e, nos últimos, como companheiro de partido”.

Parlamentar prosseguiu: “Sou testemunha do empenho com que ele sempre trabalhou por Pernambuco, tanto na Assembleia Legislativa, quanto na Câmara Federal. Cadoca também foi um dos políticos que maior legado deixou para a cidade do Recife, que tanto amava. Descanse em paz eterna. Que seus familiares tenham conforto e guardem as melhores lembranças”.

Presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo também registrou suas condolências: “Tive a oportunidade de conviver e trabalhar com um dos mais dedicados homens públicos de Pernambuco. Cadoca deixa importantes contribuições ao nosso Estado. Minhas condolências a toda família e amigos”.

Editoria do Foco Pernambuco lamenta imensa e profundamente a partida da criatura admirável,  do político ímpar e principalmente do grande impulsionador da cultura e do desenvolvimento sóciocultural do Estado. Você já vinha há muito, fazendo falta Cadoca!   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *