MENDONÇA FILHO ACIONA A JUSTIÇA CONTRA INFORMAÇÕES FALSAS A SEU RESPEITO

O candidato a prefeito do Recife Mendonça Filho (DEM) foi à Justiça Eleitoral, solicitar que uma notícia crime seja encaminhada ao Ministério Público Eleitoral para investigar o compartilhamento no WhatsApp de um vídeo com informações falsas.

As imagens apontam que Mendonça teria nomeado o marido da candidata à vice-prefeita Priscila Krause, Jorge Branco, para um suposto conselho vinculado ao MEC, com remuneração de “quase R$ 17 mil para participar de apenas uma reunião por mês”. O candidato nega o fato e pede que os autores da peça sejam investigados.

“Fake News é crime e a gente combate com a Lei. Não adianta tentarem manchar a minha vida e a minha trajetória pública, e nem a de Priscila Krause, uma mulher combativa, que sempre enfrentou a corrupção e denunciou as várias irregularidades nas gestões do PSB”, afirmou Mendonça. “Nós vamos ao segundo turno, vamos ganhar as eleições e vamos libertar a população do Recife da mentira, do abandono e do desprezo”, completou. 


Os advogados do candidato anexaram documentos que apontam que Jorge Branco foi indicado para o Conselho do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar, empresa de direito privado, sem fins lucrativos, ligada à Confederação Nacional da Agricultura e, sem qualquer vínculo com o MEC. Jorge teria integrado o Conselho do Senar como representante do setor, uma vez que é produtor rural, no Agreste e inscrito na Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária – Adagro com remuneração de R$ 1 mil por mês, como ajuda de custo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *