MINISTRO DA SAÚDE DEFENDE UNIÃO DOS GOVERNOS PARA CONTER COVID-19

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta elogiou durante coletiva de imprensa no último sábado (28), o pronunciamento do presidente Jair Bolsoanaro reluzado em cadeia nacional, defendendo o fim do confinamento em massa.

“As questões econômicas são importantíssimas e fizeram parte da linha da fala do presidente, onde ele coloca que se não tivermos um cuidado com a atividade econômica, essa onda de dificuldade que a economia vai trazer, virá com uma onda de dificuldade maior ainda, em relação à crise econômica”, disse.

Mandetta lembrou que os governadores tomaram medidas assimétricas, muito em razão do comportamento da população.

“O que propusemos (Ministério da Saúde), aos governadores é que a gente traga junto dentro de uma pequena unidade e façamos juntos a proposta nacional, para que todos saibam, que quando o número de casos tiver aqui, vamos ter como lidar com isso, para definir quais são as atividades econômicas que consideramos essenciais.
A situação do Ceará é totalmente diferente da situação de Goiás. É lógico que critérios do Rio Grande do Sul tem que serem diferentes do Amazonas”, destacou o Ministro.

“Vejo nesse sentido a grande colaboração da fala do Presidente. Chamar a atenção de todos de que é preciso pensar na economia. A maneira como vamos fazer isto será juntos. Nós vamos construir juntos. Não só a equipe dos governadores, como os representantes de um prefeito.

Mas, enfim, vamos fazer juntos com os ministros de estado que participam dessa força-tarefa que acomete a todos”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *