PROBLEMA ELÉTRICO PARALISA LINHA SUL DO METRÔ: ABERTURA DO RAMAL CENTRO ATRASA

Problemas na rede elétrica do Metrô do Recife causaram o fechamento da Linha Sul e atrasou abertura da Linha Centro, na manhã desta segunda-feira (19). Passageiros que utilizam o sistema relataram transtornos causados pela falha no transporte. De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos – CBTU), na Linha Sul, o problema foi causado devido a um curto-circuito no sistema de alimentação elétrica.

O problema aconteceu entre as estações Recife, no Centro da capital, pernambucana e Largo da Paz, Bairro de Afogados, na Zona Oeste. No local, segundo a CBTU, equipes de manutenção tentam desde o começo da manhã restabelecer a operação da linha, que corta o Recife, Jaboatão dos Guararapes e transporta, diariamente, aproximadamente 48 mil pessoas.

Na Linha Centro, que transporta diariamente 130 mil pessoas e atravessa o Recife, Jaboatão e Camaragibe, houve um problema na energização de uma subestação, segundo anunciou a Companhia. O equipamento fica instalado, na Estação Recife. Por causa disso, o trecho foi aberto com 45 minutos de atraso – exatamente às 05h45. O horário normal de funcionamento é das 05h às 23h.

No último dia 06, um problema elétrico também deixou sem operação a Linha Sul. Na ocasião, o serviço foi restabelecido mais de 24 horas depois. O Grande Recife informou que, devido à paralisação da Linha Sul, a linha 140 – TI Cajueiro Seco/ Shopping Recife passou a entrar também no TI Aeroporto, onde os passageiros que desejam ir ao Centro do Recife podem embarcar na linha 115 – TI Aeroporto/ TI Afogados, que está fazendo viagens até o Terminal Cais Santa Rita.

Passageiro, que não pode seguir viagem de metrô, após problema na Linha Sul, registrou lotação dentro de ônibus que saiu do TI Cajueiro Seco, Foto: João Matheus/WhatsApp

O consórcio afirmou ainda que, como, os TIs Cajueiro Seco, Prazeres, Aeroporto e Tancredo Neves são próximos a corredores principais, os passageiros têm outras opções de linha para chegar ao Centro do Recife, pela Estrada da Batalha, em Jaboatão e Avenida Marechal Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, Zona Sul da cidade, “É importante destacar que as ações do Grande Recife visam mitigar o deslocamento dos usuários, mas que não supri a demanda transportada pelos trens”, apontou o Consórcio

SISTEMA

O Sistema de Trens Urbanos do Recife é operado em três linhas férreas, que cortam o Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho. São duas linhas eletrificadas e uma operada por composições a diesel. A Linha Centro atende passageiros do Recife, Jaboatão dos Guararapes e Camaragibe. São 19 estações em operação, nos trechos Recife/Jaboatão e o ramal Coqueiral/Camaragibe.

A Linha Sul corta o Recife e Jaboatão dos Guararapes, com 12 estações, sendo duas compartilhadas com a Centro. A Linha Diesel (VLT) passa pelo Recife, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho, com oito estações em operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *