TARTARUGAS MARINHA DA ESPÉCIE OLIVA NASCEM NA PRAIA DE BOA VIAGEM

Noventa e quatro filhotes de tartaruga marinha da espécie tartaruga-oliva nasceram, nesta quinta-feira (20), na Praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. O ninho era monitorado desde junho pela Brigada Ambiental, vinculada à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Prefeitura do Recife, em parceria com o Projeto Tamar. A tartaruga-oliva é considerada vulnerável pela IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza, na sigla em inglês).

  Após 65 dias de monitoramento, com acompanhamento da área isolada diariamente para garantir a preservação do ninho, apenas  08 ovos não eclodiram e 26 filhotes foram a óbito. O órgão isolou o espaço no dia 16 de junho com estacas e uma placa de sinalização que cita a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).   De acordo com a Lei, modificar, danificar ou destruir ninhos, abrigo ou criadouro de espécimes da fauna silvestre é crime ambiental, com penalidade de detenção de  06 meses a um ano. A época de desova é regida principalmente pela temperatura, ocorrendo nos períodos mais quentes do ano. No litoral brasileiro, acontece entre setembro a março, com variação entre as espécies .  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.