COVID-19: ANVISA DIZ QUE VACINAS SERÃO AVALIADAS EM ATÉ 10 DIAS

Agência Nacional de Vigilância Sanitária –  Anvisa afirmou nesta segunda-feira (14), que os pedidos de uso emergencial das vacinas contra o novo coronavírus que chegarem até o órgão terão sua avaliação concluída em até dez dias após a solicitação. Em nota, a Agência disse, ainda, que apenas vacinas com testes clínicos conduzidos no Brasil poderão receber a aprovação emergencial.

No comunicado, a Anvisa afirmou também que o simples registro emergencial por órgãos de outros países não bastará para replicar a aprovação no Brasil. Até agora, nenhum fabricante pediu a aprovação emergencial de alguma vacina para a Anvisa.

Hoje, o Governo de São Paulo anunciou que pedirá o registro definitivo e o emergencial da CoronaVac – produzida pelo laboratório chinês Sinovac e pelo Instituto Butantan – ao mesmo tempo e, que conta com a aprovação da Agência local, na China para abreviar o registro no Brasil.

Anvisa destacou que, seus servidores estão trabalhando em tempo integral, inclusive vão continuar nas semanas de Natal e Ano Novo, para avaliar os procedimentos relacionados a vacinas. O governador de São Paulo, João Dória(PSDB) rebateu hoje, declarações do Governo Federal, que envolvem o início da campanha de vacinação nacional contra a Covid-19.

O tucano voltou a cobrar uma definição do Ministério da Saúde sobre a data em que o governo pretende começar a imunizar a população. “O governo não tem sequer a data para começar (a vacinação”, disse Doria. ” O Brasil quer menos política e mais vacina”

Em manifestação enviada ao ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF) o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CF-OAB) tenta obter uma liminar para obrigar o Governo Federal a comprar vacinas, contra a Covid-19, que já tenham sido aprovadas por autoridades sanitárias no exterior, mesmo sem registro da Anvisa. É o caso, por exemplo, da vacina da Pfizer, que já começou a ser aplicada no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *