COVID-19: GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ DECRETA TOQUE DE RECOLHER

Governador do Ceará, Camilo Santana decretou, na noite desta terça-feira (17), toque de recolher no Estado, das 22 horas às 5 horas. Todas as medidas valem a partir desta quinta-feira (18), com exceção das aulas – que voltam a ser exclusivamente remotas na sexta-feira (19). Nesse intervalo, somente pessoas em situação de trabalho ou em casos de emergência poderão circular.

O novo decreto de isolamento social estende algumas restrições definidas para o período de Carnaval, incluindo barreiras sanitárias nos municípios cearenses, com controle do transporte intermunicipal e, horário reduzido de atividades econômicas que não oferecem serviços considerados essenciais.

Aos fins de semana, todo o comércio só poderá funcionar até as 17 horas. A taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 no Ceará chegou a 87,63% na quarta-feira. Quando considerados somente os leitos de UTI Adulto, o percentual chega a 90,19%. As informações são do Integra SUS.

“No pico da pandemia, no ano passado, a demanda da UTI era da ordem de 29 pessoas por dia e atingimos só 17 solicitações agora, no mês de fevereiro. Todos os indicadores vão na direção de que a gente atinge o pico e há possibilidade matemática e científica de que a gente possa ultrapassar o pico – o que nos preocupa. Estamos ampliando os leitos de enfermaria e de UTI, a fiscalização para evitar aglomeração e preservar a saúde das pessoas”, explicou o prefeito Sarto Nogueira.

“Esse é mais um momento que precisamos de união. Governador e prefeito colocaram medidas mais restritivas pois servem para reduzir a circulação viral; para que possamos garantir que os mais vulneráveis tenham tempo de se vacinar, com a previsão de finalizar até o final de março para pessoas acima de 60 anos, e evitar o esgotamento pelo serviço de saúde pública”, informou o secretário da Saúde, Dr. Cabeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *