JOÃO CAMPOS: PSB NÃO TEM COMPROMISSO FUTURO COM CANDIDATO DO PDT

Prefeito eleito de Recife, João Campos (PSB), afirmou que a parceria que o seu partido fez com o PDT, em uma série de cidades do país – sobretudo capitais – não garante apoio do partido a uma eventual candidatura de Ciro Gomes em 2022. 

Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, João Campos afirmou que os acertos feitos pelos partidos visavam apenas a eleição deste ano. “Quando a gente fez a as alianças, inclusive, entre PDT e PSB, foi sempre um compromisso dessa eleição de 2020 e nenhum compromisso futuro de como seria”, afirmou.

O socialista, no entanto, destacou que há muita afinidade entre as duas agremiações. “Há uma relação de afinidade e a relação política não se constrói do dia para a noite“, prosseguiu. Ciro apoiou a candidatura de João Campos contra a sua prima, Marília Arraes (PT). Para o prefeito eleito,  a disputa do 2º turno foi marcada por ataques dos dois lados.

Sobre a disputa, João Campos afirmou que, se trata de uma “disputa política”, não “familiar”.  E, categoricamente declarou  que, o PT, partido ao qual seu pai, Eduardo Campos foi aliado por muito tempo –  tendo inclusive sido ministro no governo de Luiz Inácio Lula da Silva – não fará parte da sua gestão na Prefeitura do Recife. “Eu tenho  compromisso com minha gestão e não vai haver participação de uma indicação política do PT”, concluiu. Fonte Poder 360.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *