MAMÓGRAFO MÓVEL DA PCR INICIA ATENDIMENTOS A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA

Foto: Divulgação/PCR

 A partir desta segunda-feira (04), começa a programação do mamógrafo móvel da Prefeitura do Recife (PCR), para o primeiro mês de 2021. O caminhão vai circular em 20 pontos dos oito Distritos Sanitários da capital. Serão disponibilizadas 1.200 vagas, neste mês de janeiro, para os exames de mamografia em mulheres com idades entre 50 e 69 anos.

Como forma de mitigar a contaminação da Covid-19, o atendimento deve ser previamente agendado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. As marcações são limitadas a 60 vagas – sendo 30 pela manhã e 30 à tarde.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município – Sesau quem está fora da faixa etária dos 50 aos 69 anos e precisa fazer a mamografia deve procurar a unidade de saúde onde é cadastrado e solicitar um encaminhamento.

Também segundo a Sesau, para evitar aglomerações nos locais de atendimento, agentes de saúde vão identificar nas comunidades as mulheres que se encontram dentro da faixa etária de rastreio – preconizada pelo Ministério da Saúde.

Em seguida, a equipe da unidade de saúde entra em contato com as usuárias para marcar a data e horário do exame. As mulheres interessadas em fazer a mamografia também podem ir até a unidade de saúde onde são cadastradas para solicitar o agendamento.

O uso de máscaras é obrigatório nos locais de atendimento e o distanciamento físico entre as usuárias deverá ser respeitado. Nos lugares onde o caminhão de mamografia estiver estacionado, haverá água, sabão e/ou álcool 70% para higienização das mãos. A lista com os locais por onde o veículo vai passar pode ser acessada no Portal www.recife.pe.gov.br.

DOCUMENTOS

Para fazer o exame, é necessário levar documento de identificação, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência. Segundo a Sesau, o resultado do exame é entregue em até 20 dias na unidade de saúde onde o veículo ficou estacionado ou naquela mais próxima ao local da ação. 

No dia a dia, é preciso se atentar às mamas, para um possível reconhecimento das variações naturais e identificação das alterações suspeitas. Alguns sintomas podem ser nódulo (caroço) fixo, geralmente indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo), saída espontânea de líquido dos mamilos e pequenos nódulos no pescoço ou na região das axilas.

Além de realizar periodicamente o exame clínico e a mamografia, adotar hábitos saudáveis, manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, ajudam a reduzir o risco de ter a doença. Amamentar também é um fator de proteção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *