PARLAMENTARES DO ESTADO SE MANIFESTAM CONTRA DECISÃO DO STF, SOBRE POVOS INDÍGENAS

A decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre missões religiosas em terras indígenas, anunciada neste final de semana, causou estranheza em bancadas evangélicos, por todo o País.

Em Pernambuco, o deputado estadual Pastor Cleiton Collins(PP) e a vereadora do Recife Missionária Michele Collins (PP) repudiaram a postura do STF.

O Deputado se manifestou a respeito e enfatizou a importância das missões. “ São missionários que fazem um trabalho belíssimo de ajuda ao próximo, assim como nos ensina Cristo. Eu mesmo já fiz missões com os povos indígenas no Brasil e fora do Brasil”.

“Essa decisão além de perseguir o povo evangélico tira o direito dos povos receberem ações humanitárias feitas através das agências de missões – que são institucionalmente constituidas”, alertou.

A Vereadora, assegurou que a decisão é uma afronta aos direitos religiosos. “As agências missionárias têm feito um trabalho importante e de responsável na área social para os povos indígenas. Eles levam educação, mantimentos, roupas e a palavra com base em testemunhos próprios”.

O Supremo tem atacado o povo evangélico e não é de hoje. A justificativa é de que estamos em pandemia. A pandemia já está completando quase dois anos e isso só foi percebido agora?  Não somos ingênuos. É um absurdo sem tamanho”! exclamou Michele Collins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *