PT ABRE PROCESSO CONTRA A DEPUTADA MARÍLIA ARRAES NA COMISSÃO DE ÉTICA DA SIGLA

Foto: Câmara dos Deputados

Em decisão interna, realizada neste sábado (06), a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu, por 16 votos a 4, abrir um processo na Comissão de Ética da sigla, contra a deputada federal Marília Arraes (PT). 

Em reserva, um correligionário da petista comentou que: “Todo mundo já sabia que Marília tinha um perfil que puxava mais para um lado pessoal”. Outro aliado próximo disparou: “Na primeira curva do caminho, ela desviou. Não faz nem três meses que ela perdeu a eleição e já mudou completamente o comportamento”. 

O vereador Osmar Ricardo (PT) falou sobre a decisão da Executiva petista de processar Marília. Ele assinalou que a decisão da legenda é certeira. “O PT está no caminho certo: o de dialogar e debater. É um exemplo o que aconteceu com essa abertura do processo na comissão de ética”, destacou.  “A deputada errou quando se alinhou à direita e isso possui consequências”, pontuou Osmar. 

“Marília é uma pessoa problemática. Criou problema no PSB, tentou ir pro PSOL e não conseguiu. Foi pro PT e está conseguindo destruir o partido. Desde o lançamento de sua candidatura à Prefeitura do Recife, ela vem destruindo a reputação do partido, tanto no Estado, quanto no País”.

“O PT não vai deixar Marília levar o PT ao suicídio e esse passo reforça isso”, pontuou um parlamentar em reserva. “Uma candidatura do PT ao Governo de Pernambuco seria uma espécie de suicídio. O partido conta com um projeto político que não engloba uma candidatura própria em Pernambuco. Essa movimentação tem ligação com isso”, ponderou o Parlamentar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *