PT DEVE SE POSICIONAR SOBRE PERMANÊNCIA NA BASE DO GOVERNO PAULO CÂMARA

O presidente do PT de Pernambuco, deputado estadual Doriel Barros, afirmou nesta segunda-feira (07) que a direção-executiva do partido no Estado deverá se reunir até o dia 20 de dezembro para definir o posicionamento em relação ao governo Paulo Câmara.

“Até o dia 20 a executiva estadual deverá se reunir. Temos conversado com o PT Nacional e há uma ideia de que a gente possa aprofundar melhor nos próximos dias para que a gente possa fazer uma avaliação na reunião da executiva estadual”, afirmou Doriel Barros.

Doriel disse ainda, que, o partido avalia a posição em relação à gestão estadual do PSB porque, na eleição de 2018, o PT participou do arco de alianças que levou Paulo Câmara à reeleição, na disputa pelo Governo de Pernambuco. “Estamos avaliando no Estado, porque o PT foi fundamental para a reeleição do governador Paulo Câmara”, frisou.

O presidente estadual da legenda lembrou, que na capital pernambucana. o partido está automaticamente na oposição ao prefeito eleito João Campos (PSB). “No Recife, essa posição já está definida. A gente nunca pediu para participar de cargos, o prefeito eleito tem repetido isso, não sei se algum partido aliado dele está cobrando isso, mas no Recife está clara a nossa posição de oposição”, declarou.

No Recife, o PT elegeu três vereadores: Liana Cirne, Jairo Britto e Osmar Ricardo.  O partido ocupa cargos na atual gestão do prefeito Geraldo Julio. Até outubro, o comando da Secretaria de Saneamento do Recife estava nas do petista, Oscar Barreto, da ala que defendia aliança com o PSB nas eleições municipais.

No âmbito estadual, o PT comanda a Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco com Dilson Peixoto e tem cargos no segundo e terceiro escalão. O partido participou da coligação de 2018 em que Paulo Câmara (PSB) foi reeleito governador e Humberto Costa foi um dos senadores eleitos, junto com Jarbas Vasconcelos (MDB).

.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *