VEREADORES ADIAM MAIS UMA VEZ VOTAÇÃO DE PL DOS RODOVIÁRIOS

   Foi adiada mais vez, nesta segunda-feira (19), a votação do projeto que prevê o fim da dupla função para motoristas de ônibus. O motivo, segundo  a  Câmara de Vereadores  do Recife  – CMR foi em razão de uma emenda apresentada pelo vereador Davi Muniz (PSB),  que  contou com o apoio de mais de 12 parlamentares.  

   A questão envolvendo os motoristas de transportes públicos vem se estendendo desde que a dupla função foi aprovada pelo Grande Consórcio de Transporte no início da pandemia do coronavírus. Desde então, a categoria vem travando uma batalha para conseguir reaver a decisão, que também culminou na demissão de centenas de cobradores de ônibus em algumas linhas.

 Semana passada, o Tribunal Regional do Trabalho  TRT  determinou  por meio de liminar, que cobradores e motoristas  de ônibus  não realizassem mais protestos do transporte público nas ruas do recife   O projeto de lei 05/2019 que acaba com a dupla função é de autoria do vereador Ivan Moraes (PSOL).

“Na hora da votação do nosso PL05, que proíbe a dupla função motorista/cobrador (a), o vereador Davi Muniz protocolou emenda de plenário com 13 assinaturas sugerindo mudança no projeto. A manobra faz com que, a votação do nosso PL seja adiada pela quinta vez”, disse   Ivan Moraes.   

  Em nota, a Câmara Municipal do Recife explicou o adiamento. “Esta foi a quarta vez que a presidência pautou o projeto para a votação. No entanto, o parlamentar Davi Muniz apresentou emenda,  aprovada  por mais 12 vereadores.  O  novo texto precisa ser analisado pela Comissão de Legislação e Justiça, em seis dias.  A presidência irá recolocar o PL 05 em pauta assim que esta etapa for vencida”, reforçou  o  Presidente da Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *